Bitmap_em_Sem_t_tulo-1.png

INSTITUTO DE APOIO AO PACIENTE COM DOENÇA RENAL - AMIGOS DO RIM


A Doença Renal Crônica:

A doença renal crônica é hoje uma verdadeira epidemia em todo mundo.

Cerca de 10% da população global tem algum tipo de lesão renal. No Brasil, são cerca de 18 milhões de pessoas com algum grau de comprometimento renal.

As principais doenças que levam o rim ao estágio terminal são o diabetes e a hipertensão arterial.

A doença é silenciosa e evolui lentamente, levando o rim à falência, com o paciente precisando substituir a função renal pela dialise ou o transplante.

Existem basicamente 2 tipos de dialise:

- Hemodiálise: Realizada com ajuda de uma máquina, que nada mais é do que um rim artificial, que filtra o sangue do paciente. A chamada sessão de filtração do sangue é normalmente realizada 3 vezes por semana, com duração de 4 ou 5 horas em média.

- Dialise Peritoneal: Realizada no domicilio do paciente, através de um cateter localizado na cavidade abdominal, pelo qual é introduzido um liquido especial que retira as impurezas do sangue e serve tanto quanto a máquina de hemodiálise para o tratamento da doença renal.

Além da diálise, para os pacientes que tem indicação, há ainda a possibilidade da realização de um transplante renal, seja com doador vivo da família, ou doador falecido de morte encefálica.



  O Amigos do Rim Ajuda:

  O Grupo Instituto do Rim do Paraná atende atualmente quase 700 pacientes em terapia renal substitutiva, seja hemodiálise ou dialise           peritoneal, fazendo de rotina um transplante para cada 15 dias. Nos ambulatórios, em tratamento conservador, pré dialise, são mais de         600 a 700 pacientes.

  Boa parte desses pacientes são pessoas com grandes problemas sócios econômicos, que além da doença em si, tem que enfrentar, junto         com seus familiares, dificuldades de locomoção, aquisição de medicamentos e até com a alimentação básica diária para si e seus filhos.

  Existem mais de 100 pessoas que além da doença renal padecem de vulnerabilidade social, ou seja, passam fome, pois não tem o pão               nosso de cada dia, não têm roupas, calçados, não tem recursos para buscar seus remédios nos postos de saúde, seus domicílios são                     precários como suas condições higiênicas e sanitárias. Eles precisam de ajuda. E é principalmente para eles que existe o Instituto de                 Apoio ao Paciente com Doença Renal – Amigos do Rim.



Instituto de Apoio ao Paciente com Doença Renal - Amigos do Rim

Rua Buenos Aires, 840 - Curitiba - Paraná - Brasil

Cep: 80250-070

contato@amigosdorim.org.br